El Monguito – Restaurante Familiar em Havana

Achamos, já quase na frente do hotel um restaurante chamado El Monguito. Tudo ali parece clandestino, a porta suspeita cheia de fios, trancada com um videofone, tudo carencendo de manutenção… Uma senhora gorda (daquelas tias salgadeiras que todo mundo tem) atendeu a porta e nos informou que o restaurante estava aberto.

Era uma casa de família, tradicional, com quadros na parede bem pitorescos, cadeiras de plástico e jogos americanos (ops cubanos!) nas mesas também de plástico. O cardápio é simples e a comida é feita em casa (literalmente).

Havia tempo que não me encantava com um File de Peixe grelhado, estava muito bem temperado e a qualidade do peixe era indiscutível. Dispense os acompanhamentos… afinal, batata doce frita, gallo pinto (baião de dois) e repolho vão fazer você esquecer o sabor espetacular do peixe. Os pratos são extremamente bem servidos e o restaurante (cantina, sala da casa da avó, etc.) fecha as quintas-feiras.

Rua 23 Havana Centro
Perto da Sorveteria Coppelia
Havana – Cuba

Anúncios

Restaurante Portinha – Trancoso Bahia

Estivemos lá, o quarteto do blog, aliás aguardando a chegada do quinto elemento… Esse jump do outro lado foi revigorante e agora estamos de volta aqui no blog, cheias de novidades…

Vou recorrer ao caderninho de anotações que todas nós temos, para garantir que nada do que vivemos lá seja perdido… Para começar, estivemos em trancoso, partindo de Arraial D’ajuda a uns 45km pela estrada, um pedacinho de chão para os mais afoitos e totalmente asfaltada para quem não tem um 4X4.

Trancoso para mim sempre soou como um lugar para a juventude em razão das festas até o amanhecer e o tipo de música que rola por lá entre house, trance e outros batistakas da vida… Seria assim se não fosse um quadrado espetacular, com restaurantes, lojinhas e pousadas inusitadas, lindas e caras!

O Portinha é um self-service muito bem cuidado. Comida típica e também as populares. Com um buffet de saladas que não economiza em variedades e de pratos quentes muito saborosos. Fica lá no quadrado, com vista para a igreja e para o mar no horizonte. O restaurante fica cheio, mas vale a pena tentar horários alternativos.

Confesso que não gosto muito de self-services, mas o portinha é uma boa pedida para um almoço econômico e rápido.

O portinha
Quadrado – Trancoso – BA
Site: http://www.portinha.com.br/trancoso.html

Adelaide Bistrô – Eu amo o meu trabalho!

Sempre falo das minhas viagens a trabalho… Além de adorar viajar e não ter nenhum problemas com viagens repentinas, é só mudar de ares que algo inusitado acontece…

Sabe esses papos de hotel, uma dica com um, uma pescada com outro…?

Aquele espírito desbravador que me invade sempre que eu saio de Brasilia, me fez vencer a tradicional timidez e ir ao encontro de um lugar muito especial. Então, espere um momento, deixe-me ver se entendi bem: vencer os medos nos leva a um belíssimo encontro… O encontro a que me refiro não é esse de relacionamentos amorosos, mas aquele em que nos encontramos a nós mesmos, amigos, lugares, tudo absolutamente JUMP.

Quando parecia que eu sairia ilesa de Palmas, quase pedindo uma salva de palmas para o entardecer vendo o lago e a organização da cidade, entendi que faltava alguma coisa. Não sei… um filme bacana, uma música interessante, um picolé na beira-mar (ops, beira-lago), uma exposição de artesanato indígena… Descobri que nada disso é tão popular por aqui…

Quem sabe uma delicatessen, um bom vinho (quase!), um aconchego… Nada! Ah mas se eu quisesse um aconchego com uma galeria, em um lugar inusitado de comida bem cuidada, com pessoas maravilhosas? Ah, agora sim!

– A senhora está falando do Adelaide Bistrô, desculpe-me a intromissão, mas eu venho sempre aqui e há um carioca simpático que cozinha muito bem e tem um bistrô na cidade. Bem pertinho daqui (daqui era de láaaaaaaaa!).

Não bastasse a dica, o senhor que se hospedava no mesmo hotel que eu, ligou para uma outra cidade para buscar o endereço do bistrô, recomendou a minha ida, fez a minha reserva e ainda era uma simpatia… Fui lá conferir o espaço. Fui recebida com uma carinho imenso pela Su (moça muito simpática). Ela me mostrou minha mesa e me levou para conhecer a galeria, então conheci o dono daquele lugar simpático e acolhedor é assim cuidadoso com cada detalhe, conversou um tempão comigo, me mostrou a casa, contou histórias, tudo com uma naturalidade de quem recebe um amigo… Eu já me considero uma amiga do Val. A irmã dele também é uma graça!

Fiquei sentada ali, conversando alguns minutos com o Val, depois contemplando o jardim. Pedi logo um couvert… uma cestinha de pães quentinhos e gostosos que vem embrulhadinha em um saco delicado com um bordado. Com os pães, uma pasta de gorgonzola muito suave e uns antepastos de beringela com pimentões, tudo muito saboroso. Dá uma vontade danada de comer e não parar nunca mais…

Ele faz mesmo às vezes de dono, apresenta um amigo ao outro, senta em uma mesa, na outra, na outra, incansável. Conversa, articula, conecta… Tudo com muita habilidade para deixar todo mundo a vontade e nunca só… ele me apresentou várias pessoas interessantes e o papo rendeu, rendeu, rendeu…

A comida é mais um detalhe bem cuidado. O cardápio é grande, mas simples. Não tem misturas mirabolantes, mas sempre tem um toque inusitado e a refeição é sempre um evento! E como diz o Val: “A pressa é inimiga da refeição”

Adelaide Bistrô – Palmas -TO
110 Sul, Alameda 21, Lotes 73 e 75 – Centro Sul – Cep 77020-156 – Palmas-TO
Tel. (63)9214-0792 – (63) 4101-2450
Horário: 2ª 19h/23h30 , 3ª/dom 11h30/14h30, 19h/23h30

Chica Pitanga – Recife – PE

As minhas viagens a trabalho são sempre proveitosas. Durante este ano, viajei horrores, para tudo que foi canto, feliz da vida. Muito trabalho, ao final de cada dia de curso parece que tomei uma surra e minha vontade é deitar em uma banheira de salmora… mas no dia seguinte estou sempre renovada e feliz para ir ao trabalho!

Trabalhar é muito bom e faz parte da minha cultura, não acredita? Tenho muitos amigos que me consideram bem tranquilona, folgada… é que não compartilho com todos as minhas madrugadinhas no computador, ralando na ostra como diria uma amiga bagacenta.

Entre um curso e outro, a batalha não é fácil… transporte, terninho, salto alto, maquiagem… Isso tudo e Recife não combinam definitivamente! Estaria mais adequada de bermuda, camiseta, chinelo… Mas minhas viagens para Recife foram mesmo a trabalho. A última ida a Recife foi muito interessante porque estive com uma amiga querida, motociclista, moderníssima! Ela me apresentou um restaurante muito gostosinho, chamado Chica Pitanga, um buffet muito bem cuidado e com aquele jeitão próprio do nordeste de atender as pessoas. São muito rigorosos com a qualidade da comida, muito mesmo, até termômetro para medir a temperatura de tudo eles têm… incrível, né?

Para falar a verdade, me lembrei de escrever esse post aqui porque senti uma saudade danada da minha amiga Waleska que foi morar lá e também daquela tapioca molhadinha no leite de coco, incrível! Tem umas boas informações no site deles www.chicapitanga.com.br. É um lugar muito jump, com ventinho de praia e tudo mais!

Chica Pitanga
Endereço: Rua Petrolina, Nº 19. Bairro Boa Viagem. Recife-PE
Telefone: (0xx81) 3465-2224.

Outback Steak House

Jump, canguru… Canguru… Austrália! Bingo! Oh, gente não sou louca não… Tô aqui pra falar do Outback! Hehehehe. Sou suspeita pra falar de lá. Sou 100% carnívora. Se bem que já houve uma vez em que tentei virar vegetariana… passei uma semana comendo matinhos e plantinhas (nada contra vegetarianos acho, inclusive, uma grande evolução espiritual chegar a esse nível), no final da semana eu sonhava com uma picanha sangrando! Nem preciso comentar que não deu certo… E ainda bem que não deu! Eu não seria tão feliz quanto hoje sem conhecer as carnes do Outback!
Adoro tudo por lá! A decoração temática, os atendentes vestidinhos com aquelas roupas cheias de broches pendurados, a comida, enfim tudo, tudo, tudoooo! Quer dizer, menos a espera pra conseguir uma mesa, porque isso eu acho péssimo! Mas falemos do que é bom, né gente?! E o que é bom mesmo, é comer! Posso passar horas descrevendo os sabores, os pratos, as texturas, enfim… O pão preto servido quentinho, aquela cebola empanada (Blooming Onion), as batatas fritas com cheddar e bacon (Aussie Cheese Fries), a costelinha de porco com molho barbecue (Ribs on the Barbie) ou qualquer outra carne com o Garlic Mashed Potato (purê de batatas com alho)… Tô com a boca cheia d’água só de lembrar.. tudo é delicioso! Para matar a sede os chás gelados e refrigerantes tem refil, ou seja, você paga um pouco mais que o preço normal, mas bebe a vontade!

Outra observação importante, que merece um parágrafo exclusivo, são as sobremesas! Incríveis! Posso citar duas que pra mim são as melhores. A primeira seria a Cinnamon Oblivion (peça para um dos atendentes te explicarem o que é essa sobremesa, eles adoram, se divertem horrores!) e a segunda sobremesa seria o Chocolate Thunder from Down Under (brownie, com uma bola de sorvete de creme, calda de chocolate, chantilly e raspas de chocolate). Qualquer uma das duas vale muito à pena. São tão boas que deve ser pecado comer isso! Mas sem problema algum, Deus vai entender essa tentação!

Mas não é só isso! Aos trabalhadores e aos a toas desse Brasil baronil, digo mais: BILLABONG HOUR! Que é nada mais nada menos que o famoso happy hour, mas (tchanan!) com dose dupla! Aproveitem! É de segunda a sexta das 18h às 20h. Dêem um jump lá! E quem sabe a gente se esbarre e brinde juntos com aquela caneca de chopp maravilhosa!

P.S.: Esse é o post mais calórico da história dos posts! No mínimo 1000 calorias!

P.S.2: Galerinha Jump… o site quero comer tá com cupom de 50% de desconto até 15/12/08 para a Blooming Onion. Imprima logo o seu (http://www.querocomer.com.br/cupons_desconto.asp).

Outback
Park Shopping – Expansão
Tel: (61) 3234-7958
www.outback.com.br

El Paso Texas

Arriba! Arriba! Muchachos e muchachas calientes tirem seus sombreiros do armário! Que tal uma comidinha mexicana da melhor qualidade!? Tacos, chillis, tortillas, guacamole, sour cream… humm! Delícia! Ao som de músicas latinas selecionadíssimas os encontros e happy hours no El Paso Texas são diversão garantida!
Freqüentei o El Paso durante muito tempo, na época em que meus amigos cucas (cucarachas – mexicanos, guatemaltecos, argentinos, chilenos, etc, etc) estavam aqui no Brasil. Batíamos o cartão lá. Sempre acompanhados de margaritas, morritos e claro TEQUILA shot com sal e limão! Arriba! Abajo! Al centro! Adentro! hahahahaha

A decoração é colorida típica das festas mexicanas. A comida é bem condimentada e muy caliente (tem que colocar pimenta com moderação porque elas são foooortes!). Existem dois El Paso um na 404 sul e outro no Terraço Shopping. Particularmente eu prefiro o da asa sul, acho menorzinho, mais aconchegante e com menos cara de shopping, sabe? Mas há gosto pra tudo!

Quem ainda não conhece e está curioso pra saber um pouco mais, não custa nada aproveitar e dar uma passadinha no site deles, né?! www.elpasotexas.com.br. E se forem dar um jump lá me chama! Tô louca pra comer uns burritos. Jumps, aí vão os endereços… Besotes!

El Paso Texas
SCLS 404 Bloco C Loja 23 – Asa Sul
Tel. (61) 3323-4618
Ou…
Terraço Shopping – Octogonal
Tel. (61) 3233-5197

Universal Diner

Pense num lugar com a decoração ousada e irreverente!? Agora aceleraaa! Pois é! Esta é a vibe do lugar! Tem um clima vintage, cult, colorido, divertido maravilhoso. É uma verdadeira miscelânea! Conheci o lugar no almoço de aniversário do meu irmão mais novo. Foi ótimo nos sentamos do lado de fora, ao ar livre, rolava um solzinho gostoso de primavera… Comi uma saladinha básica, foi delicioso. Depois voltei lá com uma amiga divertidíssima, mineira legítima, dona de histórias engraçadíssimas ilustradas por suas caras e bocas fantásticas! Comemos o prato recomendado pelo maître, o tal prato da boa lembrança. Que é nada mais nada menos que camarões grandes ao molho de queijo brie e caviar, acompanhado de um risotto de brie e maçã verde MARAVILHOSO, acompanhamos o almoço com um prosecco geladinho… Foi chiquérrimo!
O restaurante é mais um dos comandados pela super, hiper, ultra, mega chef Mara Alcamim e já foi eleito o melhor restaurante de Brasília três vezes, segundo a revista Veja. A especialidade da casa são as comidas contemporâneas, com misturas exóticas e inusitadas. Os pratos vêm servidos em suplats super criativos: discos de vinil… São os famosos LP’s. O preço varia de acordo com o bolso e pedidos do cliente. No dia que comi a saladinha, a minha parte na conta ficou por volta dos R$50,00. Já no dia no prato da boa lembrança e do prosecco me lembro exatamente do valor R$125,00 para cada. (Detalhe: estávamos em três pessoas à mesa. Ui!) Mas valeu cada centavo.

Onde fica?!

Universal Diner
SCLS 210 Bloco B Loja 30 – Asa Sul
Brasília – DF
Tel: (61) 3443-2089
Aberto de Terça a Domingo das 12h às 15h (de terça a sexta para o almoço, já aos sábados e domingos esse horário se estende até às 16h) e das 19h às 1h30 (de terça a sábado para o jantar. Domingo o restaurante abre exclusivamente para almoço, e segunda o restaurante não abre).